10 SUGESTÕES DE LIVROS PARA FALAR DE EMOÇÕES COM SEUS FILHOS

Conversar com crianças sobre emoções deveria ser tão natural quanto assegurar a vacinação, recomendar que se beba bastante água ou desenvolver o hábito de lavar as mãos antes das refeições. Mas, justamente por não ser incentivado, falar de raiva, tristeza, egoísmo, ódio, ressentimento, inveja ou empatia, por exemplo, não é das missões mais simples.

Felizmente, a arte, por meio da literatura, pode dar uma inestimável ajuda. O HuffPost Brasil separou sugestões de livros para falar de emoções com crianças e a gente do AfterSchool também incluiu algumas dicas de livros que trabalhamos por aqui também.

A Árvore Generosa

Shel Silverstein

Tradução - Fernando Sabino

Companhia das Letras

Todos os dias um menino vai até uma árvore para se pendurar em seus galhos, comer suas maçãs e descansar sob sua sombra. O menino ama a árvore e ela, feliz, o ama também. Porém, à medida que o tempo passa, o garoto cresce e começa a desejar mais do que a simples companhia de sua amiga para brincar e repousar. Ele passa a querer dinheiro, uma casa, uma esposa... E a árvore, sem muitos recursos para ajudá-lo mas disposta a qualquer coisa para vê-lo feliz, vai abrindo mão de sua própria vida.

Emoções trabalhadas: generosidade, respeito, auto-regulação, auto respeito

Veja a Ana Luiza, educadora do AfterSchool, falando sobre o livro A Árvore Generosa:

Livro emoções, ernesto

Ernesto

Blandina Franco Ilustrações de José Carlos Lollo Companhia das Letrinhas

Dos mesmos autores de Quem Soltou o Pum, Ernesto trabalha as diferenças e as possíveis maneiras de se lidar com ela, sendo que uma, infelizmente bastante frequente, é a exclusão. Com um personagem “esquisito”, isolado por ser diferente, o livro propõe que se pense sobre o que é dito sobre outras pessoas e se Ernesto merece mesmo toda essa solidão. Leitura essencial para o momento de opiniões polarizadas e radicais que vivemos.

Emoções trabalhadas: solidão, tolerância com a diferença, o efeito das fofocas, preconceito.

Tromba Tromba

David McKee Pequena Zahar

Considerado um clássico da literatura infantil inglesa, Tromba Tromba oferece uma lição sobre preconceito e tolerância das diferenças a partir da história de elefantes que rivalizam na selva.

Emoções trabalhadas: preconceito, tolerância, violência, respeito à diversidade

Harvey

Hervé Bouchard Ilustrações de Janice Nadeau Pulo do Gato

O garoto Harvey fica sem chão quando o pai morre e precisa lidar com uma série de sentimentos desconhecidos, dolorosos e desoladores. Uma delicada narrativa sobre a importância do luto.

Emoções trabalhadas: perda, saudade, luto, dor

Menina Amarrotada

Texto e ilustrações de Aline Abreu Jujuba

Com sensibilidade, este livro mostra a história de Aline e o dia em que seu pai, acostumado a viajar, se vai. À medida que os sentimentos desta perda vão surgindo, ela vai ficando amarrotada pelo vento. O que é isso que ela sente e que a modifica a cada vez? Emoções trabalhadas: amor, perda, saudade, raiva, tristeza

Divertidamente

Melhoramentos

Baseado no filme Divertidamente e vencedor do Oscar de Animação, o livro traz ilustrações e miniaturas dos personagens que representam emoções humanas, como a Alegria, a Tristeza, a Raiva e o Nojinho. Emoções trabalhadas: alegria, tristeza, raiva, nojo e medo

Declaração de Amor

José Enrique Barreiro Ilustrações de Jana Glatt Galocha

O livro é um delicado poema sobre o afeto, a admiração, o carinho e as diversas e particulares formas de se dizer que se gosta de alguém. A obra em si é fruto do amor de uma filha pelo pai. Alice Galeffi, diretora da editora que publica o livro, encontrou um poema escrito por seu pai muitos anos antes. Emocionada, foi em busca de Jana Glatt, que traduziu em imagens a sensibilidade paterna.

Emoções trabalhadas: amor, admiração, gratidão

O Medo e Seus Disfarces

Marina Gusmão Caminha Ilustrações de Rodrigo Nunes Sinopsys

Medo do escuro, de bicho-papão, da separação dos pais. Pedir que uma criança ignore o medo não o faz desaparecer ou alivia o transtorno que causa. Neste livro, o medo não é só reconhecido como ganha corpo, rosto e voz, ou seja, é validado. Assim como as emoções agradáveis, o medo faz parte da vida de todas as pessoas, e as crianças podem fazer grandes descobertas sobre si e o mundo a partir dele.

Emoções trabalhadas: medo, solidão, compreensão, preservação, ansiedade

George

Alex Gino Tradução de Regiane Winarski Galera Junior/Grupo Editorial Record

Quem olha para George pensa ver um menino, mas ela tem a certeza de que é uma menina, que nem pensa em namoro ainda e gosta de colecionar revistas femininas. Em uma narrativa centrada na escola e na casa da protagonista, o livro traz questões de gênero para o universo adolescente e escolar e mostra a perspectiva de George, que se incomoda ao ser visto pelos outros como menino. A reflexão é mais do que atual, considerando as demonstrações de intolerância registradas em nossa sociedade e a pressão para que tais questões não sejam abordadas na escola. Emoções trabalhadas: aceitação, compreensão, respeito, empatia

A Raiva

Blandina Franco Ilustrações de José Carlos Lollo Pequena Zahar

Mais uma vez Blandina Franco e José Carlos Lollo se unem para mostrar às crianças o valor dos sentimentos – e como lidar com eles. Como o nome sugere, A Raiva traz essa emoção non-grata, mas inerente ao ser humano. A questão é qual espaço devemos dar a ela em nossa vida, e o quanto vamos deixá-la crescer em nosso dia a dia.

Emoções trabalhadas: raiva, paciência

TEXTO ORIGINAL DE BRASILPOST

#Dicadelivro #competências #socioemocional #leitura #criança #educação

POST EM DESTAQUE
CATEGORIAS
POSTS RECENTES